Entre a cruz e o meu eu.



Vanderléia Silva

Tinha fome de vida
De um amor incondicional
De uma paz que eu não soubesse explicar
Tudo à minha volta era muito frio
O vazio reinava
Vazio de amor
Vazio de paz
Vazio...
Meu coração queria mais
Mas eu não sabia onde buscar
Ou mesmo se existia
Até que ouvi falar de um homem
Que foi enviado a levar
Meus pesos
Meus medos
Minhas dores
Que muitas vezes eram invisíveis
Ele esteve aqui
E foi morto numa cruz
A cruz eu encontrei vazia
Ali cai
Sabia que era o momento
De desfazer meu eu
De viver algo novo
Glorioso
Eterno
Mas o meu eu, ah, ele relutava
Queria a velha vida
Queria os medos de volta, os pesos, as dores
Minha salvação encontrei
Naquela cruz tudo tudo foi pago
Foi pago com preço de sangue
Que jamais outro pagaria
Naquela cruz vazia
Destronei meu eu
Agora...
Agora, não sou eu quem vive
Mas Cristo vive em mim!



Tecnologia do Blogger.

Rádios que ouço

Rádio Palavra de Vida - Rádio Evangélica que toca em seu coração WEB RÁDIO RGA

Participo