Memórias: um depósito particular

"Prova-me e conheces os meu pensamentos"
Sl 139.23


A memórias podem ser conscientes ou inconscientes;elas estão armazenadas em nosso cérebro, e incluem-se nelas os pensamentos, sentimentos e percepções sensoriais. Paulo percebeu que possuía pensamentos e motivos ocultos ( 1 Co 4:1-5), e Davi pediu a Deus para sondar seu coração e tomar conhecimento das ansiedades e caminhos maus escondidos.
As memórias dolorosas são, frequentemente, curadas quando a mulher pede ao espírito Santo para tocar numa lembrança conhecida ou para reavivar uma lembrança oculta. Em resposta ao seu pedido, Deus, às vezes permite que a pessoa torne a experimentar, em graus variados, a mágoa armazenada na memória. Ele, então, concede a capacitação para que perdoe aqueles que a ofenderam  e para que se arrependa de algum pecado próprio. Ao levar ao Senhor uma profunda ferida para ser curada, ele a toca, e, depois de algum tempo, a dor vai embora.
Em lugar dela, o Senhor lhe dá amor, a aceitação, a ternura ou o encorajamento que não foram recebidos naquela situação.
Ele não altera os fatos do passado; ao contrário. Deus altera a percepção da pessoa em relação aos fatos. Ela, então é capaz de seguir adiante com coragem, e maior integridade.
Pensa ao Senhor para sondar esse seu depósito.
Ele curará as lembranças que te ferem.

Tecnologia do Blogger.

Rádios que ouço

Rádio Palavra de Vida - Rádio Evangélica que toca em seu coração WEB RÁDIO RGA

Participo