As suculentas e a mágoa.


Tendo cuidado de que ninguém se prive da graça de Deus, e de que nenhuma raiz de amargura, brotando, vos perturbe, e por ela muitos se contaminem.
Hebreus 12:15
Vanderleia Silva.

Suculentas são plantas de clima desértico. Sobrevivem mesmo com pequenas quantidades de água.Elas acumulam dentro de si água suficiente para o clima seco, quente.
Particularmente as acho lindas, possuem várias formas e espécies. Dizem ser parentes próximas dos cactos ( assunto par um futuro texto).
Jesus gostava de ensinar com coisas simples do seu cotidiano. Ele usou a história (párabola) de dois irmãos, de dez virgens, da ovelha perdida, da candeia (lamparina), da figueira estéril e por ai vai.
Se ele vivesse em nossa dias, objeto para essas histórias não faltariam. O que me chama atenção era que ele usava o simples, o comum; o que provavelmente passaria desapercebido aos nossos olhos.
A pouco tempo, comecei uma pequena coleção de suculentas, e com isso fui pesquisar sobre elas. Os cuidados são poucos em relação a outras plantas.  O que mais me chamou a atenção foi sua reprodução, o que chamamos de "muda". É quase natural se obter mudas. Nas outras plantas você precisa replantar, redobrar os cuidados. As rosas pra mim tem sido uma das mais difíceis de se obter a muda, raras as vezes que deu certo comigo.
Voltando as suculentas, basta que uma de suas folhas caía no vaso e em pouco tempo ela brotará, Nos vasos que comprei olhando mais atentamente vi que já tinham novas mudinhas.

Mas e a mágoa onde entra nisso?
Já explico, para a suculenta sobreviver ela precisa de uma terra  seca, sem muita umidade.
Ai entra a mágoa.
Basta uma palavra, um coração seco, sem a umidade do Espírito Santo para que ela se reproduza.
Quando permitimos que a folha caía em nosso coração e permaneça por lá alguns dias, ela brotará, criará raízes A mágoa logo se tornará amargura. A amargura produzirá alguns frutos como a inveja, imoralidade, etc.
Será inevitável neste mundo nos magoar, porém podemos impedir que essa raiz de amargura se desenvolva, se a deixarmos ali seu desenvolvimento será a longo prazo, e quando nos dermos conta o nosso coração estará tomado pela amargura.
em cada oração que você fizer durante o dia, examine o seu coração, e ao menor sinal de uma mágoa, tire-a logo.
E sabe como arrancar essas "folhas" de mágoas, que como as suculentas logo criarão raízes? Perdoando.
O perdão impedirá que a mágoa crie raízes .
Mantenha seu coração impróprio para o cultivo da amargura.
Toda a amargura, e ira, e cólera, e gritaria, e blasfêmia e toda a malícia sejam tiradas dentre vós,
Antes sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo.
Efésios4:31-32



Tecnologia do Blogger.

Rádios que ouço

Rádio Palavra de Vida - Rádio Evangélica que toca em seu coração WEB RÁDIO RGA

Participo